21 dezembro, 2015

Boas Festas


09 dezembro, 2015

ENTREGA DE DIPLOMAS E PRÉMIOS DO HALLOWEEN 2015

No dia 30 de outubro, os alunos do 2º ciclo da Escola Básica nº2 de Vilarinho do Bairro celebraram, mais uma vez, o Hallowe’en com grande adesão e entusiasmo, numa iniciativa do grupo disciplinar de Inglês, em articulação com a Biblioteca Escolar.
O concurso/exposição foi muito concorrido e o júri escolheu os vencedores que foram devidamente publicitados. No dia 27 de novembro foram entregues os diplomas e prémios, na Biblioteca Escolar de Vilarinho do Bairro.

Apresentamos os orgulhosos vencedores, a saber:
5ºA Sílvia Conceição, nº 13
5ºB Joana Oliveira, nº 6
6ºA Sara Capela, nº 11
6ºA João Pedro Pereira, nº 5 (Special Guest Star)

6ºB Diogo Melo, nº 5 e Rodrigo Mota, nº 11










29 novembro, 2015

Bibliopartilha


Na partilha, a Solidariedade, na Solidariedade o bem fazer. 

Campanha de angariação de livros, brinquedos e alimentos para serem distribuídos pelas famílias carenciadas do concelho de Anadia.

A nossa biblioteca associou-se a esta ação. Dois pontos de recolha: na biblioteca e junto à secretaria.

Aceita-se colaboração.

Noémia Mª Machado Lopes (Professora Bibliotecária)

28 outubro, 2015

Dia Mundial da Alimentação | IX Mostra de Sopas 16 de Outubro

Verdade seja dita, mas sopas variadas, deliciosas, completas, ricas, portuguesas, exóticas são as apresentadas nas “mostras de sopas” da Escola Básica nº 2  de Vilarinho  do Bairro. Este ano completou-se a nona edição que contou, como é habitual,  com a colaboração sempre prestável dos encarregados de educação, dos alunos do Ensino Especial, do Professor João Joaquim, do Rancho Folclórico da Casa do Povo e claro, da nossa Biblioteca!
Integrado no Projeto Educação para a Saúde e no Projeto Sopa.come esta atividade procura incutir nos jovens o hábito saudável de comer sopa diariamente, assim como a redução de sal na mesma visando a prevenção de doenças cardiovasculares.
“Sabores da História – cozinha muçulmana” foi a temática da Biblioteca, tendo sido confecionado uma sopa muito comum na Jordânia Scorba hummus wa ful /sopa de grão e favas. Apreciada pela sua textura e sabor, a prova foi a panela ter ficado vazia em pouco tempo!
Na mesa expositiva, a Professora Bibliotecária apresentou alguns objetos ligados à cozinha árabe devidamente identificados: almofariz, alguidar, almotolia, tajine, tabuleiro, bule, cantil em cobre e latão, copo com chá de menta... e uma listagem com palavras árabes que entraram no vocabulário gastronómico português. Os livros do receituário  tradicional foram gentilmente emprestados por várias Colegas da escola.
Produziu-se mais um folheto com alguma informação pertinente, para além da receita da “bibliosopa” e hamud (sopa de galinha com limão).
Para rematar a refeição, na Biblioteca, um cesto com fruta com o lema: “Requisita um livro e come uma peça de fruta!”
 Assim se assinalou o “Dia Mundial da Alimentação”!

Os Árabes na Península Ibérica

A influência árabe na gastronomia portuguesa está patente com particular incidência no Alentejo e no Algarve, regiões que integravam Al-Andaluz. São muitos os termos de origem árabe para designar alimentos, utensílios de cozinha e pratos cozinhados. A nossa doçaria popular e conventual tem matriz muçulmana.
A cozinha do Al-Andaluz influenciou a cozinha portuguesa, chegando aos nossos dias com traços e sabores bem caraterísticos da permanência dos muçulmanos em território peninsular, cerca de 800 anos: escabeche, ensopados, almôndegas, açordas (migas), arroz doce, aletria, frutos secos, mel, queijadas, maçapão (pasta de amêndoa), ervas de cheiro e especiarias (coentros, hortelã, orégãos, canela, pimenta, cominhos, açafrão...).
Novas culturas foram introduzidas: alface, alfarroba, abóbora, alcachofra, azeite, laranja, tremoço, limão, tendo-se desenvolvido graças à introdução de novas técnicas agrícolas, como a azenha, a nora e o açude.       

Noémia M. Lopes (Professora Bibliotecária)
  
 

 

07 outubro, 2015

Mês internacional da Biblioteca Escolar

Outubro, o Mês Internacional da Biblioteca Escolar (MIBE) e, com ele, mais uma oportunidade para as bibliotecas demonstrarem amplamente a importância que têm na vida das crianças e jovens, pelo trabalho que desenvolvem nas áreas da leitura e das literacias, no acesso à cultura e no desenvolvimento da cidadania.
O tema definido pela International Association of School Librarianship (IASL) para 2015 é: A biblioteca escolar é super! (tradução adotada pela Rede de Bibliotecas Escolares).
O Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares estabelece 26 de outubro como Dia da Biblioteca Escolar em Portugal, para 2015.

Para este ano, são propostos dois desafios:
1 – TOCA A TWEETAR [+]
2 – CELEBRANDO O MIBE [+]
Para além destes dois desafios, existem muitas sugestões de ações a desenvolver, tanto nas atividades do portal RBE, como na página do International School Library Month (ISLM) da IASL que continua a apelar à participação em dois projetos: o Bookmark Project e o Skype Project.  As bibliotecas escolares de todo o mundo são convidadas a enviar os seus testemunhos para a rubrica What people are doing for ISLM 2015.

09 julho, 2015

Promoção da Leitura – 1º Ciclo

A Professora Bibliotecária assumiu o papel de “Aedo” e aí foi ela, ao longo do ano, percorrer 3 escolas do 1º ciclo do nosso agrupamento: Poutena, Chãozinho e Paredes do Bairro, para promover algumas das obras das Metas de Aprendizagem de Português sugeridas pelos Colegas desse nível de ensino! Teve que as preparar, produzir fichas de consolidação e criar atividades de motivação ao gosto dos interesses desta faixa etária.
Realizou vinte e quatro promoções de leitura (duas para cada ano de escolaridade). Na nossa escola contou com a preciosa colaboração das voluntárias da leitura da Biblioteca Escolar, Maria Neves, Beatriz Coelho, Andreia Ferreira e Jéssica Gomes que desde o início do ano letivo estiveram presentes duas vezes por semana, nas duas salas do 1º ciclo. Para além de terem colaborado com a Professora Bibliotecária, sendo elas as mediadoras de leitura das obras, leram e promoveram outros livros (do Plano Nacional de Leitura e não só).
Reconhecidamente, a Biblioteca agradece às suas voluntárias da leitura, todo o empenho e sentido de responsabilidade que demonstraram no desenvolvimento desta atividade.
Obras promovidas: “A Revolução das Letras”, de António Pina; “Corre, corre cabacinha”, de Alice Vieira; “O Gato e o Escuro”, de Mia Couto; “Trinta por uma Linha”, de António Torrada; “Aquela Nuvem e Outras”, de Eugénio de Andrade”; “O Elefante Cor-de-Rosa”, de Luísa Ducla Soares; “Contos para a Infância”, de Guerra Junqueiro e “Teatro às 3 Pancadas”, de António Torrado.
Ao todo, realizaram-se 32 promoções da leitura. É obra!

Noémia Mª M. Lopes (Professora Bibliotecária)

03 julho, 2015

Mostra de Saberes e Sabores | 5 de junho

  • Fomentar a aproximação entre o meio escolar e as famílias
  • Promover a divulgação dos materiais produzidos ao longo do ano
  • Sensibilizar toda a comunidade educativa para a promoção da saúde
Eis os objetivos da 2ª edição da “Mostra de Saberes e Sabores” que envolveu toda a comunidade educativa da escola e trouxe até nós muitos encarregados de educação e público em geral.
A Biblioteca Escolar, como é seu hábito, associou-se a esta importante atividade do Projeto “Educação para a Saúde – PES” com uma barraquinha cujo mote foi “Um Sabor, Multisaberes”. Num percurso por quatro continentes, houve prova de sabores (tapioca, côco, bacalhau e caril) e diversificada informação sobre esses produtos – “Sabias que...”, em pequenos folhetos coloridos e cartazes que decoraram o nosso espaço.
Outro sabor, tão apreciado e consumido diariamente - “café”, serviu de pretexto para mais “saberes”, desta vez no bar da  sala de professores. Um cesto, cujo material é papel de jornal, com diversas curiosidades sobre esta  tão apreciada bebida e umas singelas quadras poéticas inspiradas no tema.
E assim se vai caminhando para a construção de uma  cidadania saudável!
Noémia Mª Machado Lopes ( Professora Bibliotecária)

28 maio, 2015

Anadia: Lions Clube da Bairrada promove “Festa da Paz”

Excerto de notícia do Jornal Região Bairradina
 2015-05-08

“O Lions Clube da Bairrada vai realizar, no dia 9 de Maio, pelas 15h00, na Biblioteca Municipal de Anadia, a “Festa da Paz” que será o culminar da actividade sobre «A Paz» que tem vindo a ser desenvolvida, com a louvável participação das escolas dos Municípios de Anadia e Oliveira do Bairro, sob a designação de “Cartaz da Paz”, desde o ano lionístico de 1996/97. (…)
Tanto os trabalhos do “Cartaz da Paz”, como o do “Texto Literário sobre a Paz”, apresentados pelo Lions Clube da Bairrada, poderão ser apreciados na Exposição que estará patente no Auditório da Biblioteca, no qual decorrerá também uma sessão cultural desenvolvida por alguns grupos de alunos.
No encerramento da “Festa” está previsto um lanche convívio para os mesmos.

 A Comissão”

A Paz vestiu-se de branco nas asas de uma canção brilhantemente interpretada pelas vozes de 5 alunas do 8ºA da nossa escola, alunas essas que também fazem voluntariado de leitura, através da Bibloteca Escolar, para os alunos do 1º ciclo.Foram elas: Andreia Ferreira, Beatriz Coelho, Catarina Jesus, Fernanda Henriques, Jéssica Gomes e Maria Neves.Um muito obrigado pela disponibilidade deste grupo de Amigas, verdadeiras embaixadoras da Paz!Também na mesma cerimónia foram entregues os prémios referentes à presente edição do Concurso “Cartaz da Paz”, tendo sido um dos premiadas, a aluna Joana Cardoso da Cruz do 6º Ano.Parabéns Joana, pela tua colaboração sempre pronta e pelo reconhecimento do teu mérito!Presente e a convite dos “Lions Clube da Bairrada”, o Coordenador da nossa Escola, Prof. António Alves.

Noémia Maria M. Lopes (Professora Bibliotecária)

29 abril, 2015

Concursos de Leitura

Para não perder o hábito e também o ritmo, a nossa Biblioteca continua a participar nos concursos de leitura promovidos pela Rede de Bibliotecas de Anadia (RBA) e pelo Plano Nacional de Leitura (PNL).

Concurso Intermunicipal de Leitura (CIL) – 2ª Edição
É uma iniciativa de âmbito intermunicipal, organizada pela Rede de Bibliotecas da Região de Aveiro, que visa promover o prazer de ler e estimular o desenvolvimento de competências de leitura nos jovens, durante o seu percurso escolar (do 1º Ciclo de Ensino Básico ao Ensino Secundário).
A prova de seleção na Biblioteca Escolar decorreu nos dias 14 de janeiro (3º ciclo) e 25 de fevereiro (2º ciclo). Foram apurados para a 2ª fase, (fase municipal) os  seguintes alunos:
2º ciclo:
  • Sara Capela (5º ano)
  • Rúben da Silva (5º ano)
  • Joana Cruz (6º ano)
3º ciclo
  • Beatriz Coelho (8º ano)
  • Fernanda  Henriques (8º ano)
  • Jéssica Gomes (8º ano)
Os alunos tiveram que ler e preparar as obras: “Silka”, de Ilse Losa (2º ciclo) e “Dentes de Rato”, de Agustina Bessa-Luís (3º ciclo).
No dia 18 de março prestaram provas na Biblioteca Municipal de Anadia, tendo sido apurada para a prova oral, que se realizou no Cine-Teatro de Anadia, no dia  10 de abril, a aluna Sara Capela.
A fase oral e pública decorreu em ar festivo e os participantes tiveram que ler um excerto da obra tratada e responder às perguntas feitas pelos elementos de um Júri.
A Fase Intermunicipal irá terá lugar a 30 de maio, em Ílhavo.

Concurso Nacional de Leitura (CNL) – 9ª Edição
O Concurso Nacional de Leitura é uma iniciativa do PNL promovido pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, que propõe um desafio às competências de expressão escrita e oral dos alunos do 3º Ciclo e do Ensino Secundário das escolas públicas, privadas e EPE. O processo decorre em três fases distintas, ao longo do ano letivo, e culmina numa Final Nacional em que são apurados os vencedores em cada um dos níveis de ensino.
A prova de seleção na Biblioteca Escolar decorreu no dia 14 de janeiro, tendo sido apurados para a fase distrital, os alunos:
  • Maria Neves (8º ano)
  • Nelson Oliveira (8º ano)
  • Ema Fadiga (9º ano)
A 2ª fase do Concurso Nacional de Leitura (fase distrital) decorreu em Albergaria-a-Velha no dia 16 de abril, na Incubadora de Empresas e no  Cineteatro Alba.
O distrito de Aveiro esteve representado por 254 alunos de  61 escolas, que foram acompanhados por cerca de 100 professores. Num primeiro momento (prova escrita) participaram todos os alunos onde foram apurados 5 alunos do 3º ciclo e 5 alunos do secundário. O segundo momento constou de uma prova- espetáculo.
As obras lidas e a partir das quais os alunos do 3º ciclo demonstraram os seus conhecimentos foram: O Senhor Henri, de Gonçalo M. Tavares, e de O Estranhão de Álvaro Magalhães.
Enquanto decorreu a correção dos testes, os alunos tiveram um almoço convívio,  seguido de uma  visita a “[Re]Conhecer Albergaria-a-Velha”,  Mostra de Oferta Educativa e Formativa que estava a decorrer no Pavilhão Municipal.
A todos os participantes destes tão significativos concursos de leitura, a Biblioteca Escolar agradece a colaboração  e o empenho, felicitando muito em particular os alunos selecionados!

Noémia M. Lopes (Professora Bibliotecária)

15 abril, 2015

Escritor na Escola

O Escritor António Vilhena marcou encontro no passado dia 9 de abril, com os alunos do 1º Ciclo da EB de Vilarinho do Bairro. Aconteceu na Biblioteca Escolar esta agradável presença, marcada pelo espírito comunicativo no lustro da oração do Escritor, bem acessível às idades mais pequenas do nosso estabelecimento de ensino.
O autor veio apresentar o terceiro volume da sua já famosa coleção, desta vez com o título de “A Orquestra da Formiga Barriguda e os Sons da Água”, livro bilingue (Português e Inglês), tendo encantado a miudagem ao apresentar em carne e osso a Formiga Barriguda (uma aluna fantasiada). A história apresenta-nos este simpático insecto, nosso conhecido dos outros livros anteriores, que resolveu aprender música e formar uma orquestra com os seus amigos, para imitar os sons da natureza. As ilustrações do livro são da autoria de Inês Massano.

Mais uma actividade na promoção da leitura que nos enriqueceu!

Noémia Maria M. Lopes (Professora Bibliotecária)

08 abril, 2015

Semana da Leitura 2015 | Palavras do Mundo

   
9ª edição da “Semana da Leitura” comemorada na biblioteca da nossa escola, do dia 16 a 20 de março.
Festejámos a palavra escrita, dita, declamada e representada.
· Teatro às Três Pancadas – As três Abóboras, numa representação exemplar pelas alunas voluntárias da leitura da biblioteca escolar. E por simples coincidência, “subiram ao palco” três vezes, tendo-se apresentado aos colegas do 1º ciclo, do 2º ciclo e aos alunos do 4º ano de várias escolas que nos visitaram no dia 20 de março. Um verdadeiro êxito!
·  Concurso Intermunicipal de Leitura - fase escrita/concelhia (na Biblioteca Municipal de Anadia). A obra selecionada foi “Silka”, de Ilse Losa e a aluna Sara Capela do 5ºA ficou apurada para a prova oral. Parabéns à nossa grande leitora!
· Passatempo Cherub – dinamizado pela Porto Editora, levou à leitura do livro “O Recruta” e ofereceu aos melhores alunos, brindes e livros dessa coleção tão apreciada pela juventude.
·  Projeto SOBE (Saúde Oral Bibliotecas Escolares). Foram várias as atividades associadas à “Semana da Leitura” e ao “Dia Mundial da Saúde Oral”: sessão sobre higiene oral dinamizada por uma professional de saúde,  projeção do filme “A Lenda do Reino dos Dentes”, leitura do livro “Kiko, o  Dentinho de Leite” e realização de passatempos diversificados.
Os alunos do 5º ano receberam um copo de dentes com escova e pasta dentífrica, tendo  aprendido a cuidar melhor da sua dentição.
·  Sessões de leitura dramatizada pelas turmas do 6º ano: texto poético e texto humorístico. Houve muito boa disposição na biblioteca com a presença desses alunos!
·  Exposição com obras do fundo documental da nossa biblioteca, associada ao tema “Palavras do Mundo”.
·   Oferta de marcadores.
Enfim! Uma semana em que foi soberana a leitura, tendo como príncipe consorte o livro. Para o ano haverá mais!

 Noémia Mº Machado Lopes (Profª Bibliotecária)


14 janeiro, 2015

José Luciano de Castro (1834 -1914) | Homenagem no centenário da sua morte – 9 de Março de 1914

...homenagear o jornalista, o jurisconsulto, o político, o amigo de Anadia... (...) Alicerçada num grande talento e numa indomável força de vontade, a sua acção pautou-se por valores e por convicções, e por um forte sentido de Estado. (...) No plano local, José Luciano de Castro e a sua família desempenharam um importante papel no progresso do concelho, em domínios tão diversos como a assistência aos mais desfavorecidos, a criação e desenvolvimento da estância termal da Curia, ou o início do fabrico do espumante, entre muitos outros. (...) A Câmara Municipal de Anadia cumpre assim, o seu desígnio em matéria de preservação da memória, convidando a um renovado olhar sobre José Luciano de Castro e a sua época, e uma reflexão sobre a acção de um homem que chefiou três governos e (...)manteve até ao fim do regime monárquico, uma enorme preponderância na vida política portuguesa.
Maria Teresa Belém Correia Cardoso, Presidente da Câmara Municipal de Anadia

Fonte: Catálogo da exposição “Homenagem a José Luciano de Castro, no centenário da sua morte” – Município de Anadia, 2014

É com enorme honra que a nossa Biblioteca se associa às comemorações de tão ilustre figura pública, recebendo a exposição que nos foi gentilmente cedida pela Biblioteca Municipal, expondo os cartazes no seu espaço e divulgando-a junto da Comunidade Escolar.
Reconhecidos, o nosso veemente “muito obrigada”!
Noémia Mª M. Lopes (Professora Bibliotecária)

http://www.jb.pt/2014/03/anadia-centenario-da-morte-de-jose-luciano-de-castro-figura-controversa-mas-que-anadia-nao-esquece/

Related Posts with Thumbnails